Pleroma heteromalla
Reserva
Mãe-da-Lua

Espécie anterior Próxima espécie

Cuspidaria argentea (WAWRA) SANDWITH

Família: Bignoniaceae
Aspecto geral: Liana
Cuspidaria argentea
13/03/2020. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 1.

Encontrei esta liana na mata seca da serra da reserva. A cor lilás das flores é muito intensa e até os ramos floríferos são coloridos. Na nossa UC a espécie não é comum.

ID por Swami Costa, Leonardo Jales Leitão e Ricardo da Silva Ribeiro do DetWeb. O Herbário Virtual do Reflora também mostra várias exsicatas de C. argentea que são parecidas com a minha planta, por exemplo, as exsicatas EAC0031379 (Coleta: Castro ASF 1173) e K000977482 (Coleta: Figueiredo 110).

Referências:
Bureau & Schumann 1896, p. 22;
Costa et al. 2019;
Lohmann & Taylor 2014, p. 424;
Sandwith 1954, p. 606;
Santos et al. 2013;
Wawra 1879, p. 216.

Início da página

Cuspidaria argentea
13/03/2020. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 2.

Início da página

Cuspidaria argentea
13/03/2020. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 3.

(A) Os 4 estames e parte do gineceu.
As anteras têm uma forma particular, parecida com a letra "M".

(B) Uma das anteras de (A) magnificada.
1 - O estilete;
2 - As duas tecas disjuntas e dobradas;
3 - O conetivo;
4 - Tricomas perto das fendas da liberação do pólen.

Veja Bureau & Schumann 1896, p. 22.

No protólogo de Arrabidaea argentea consta: "..staminibus sagittatis.." ("... estames em forma de seta..") (Wawra 1879, p. 216). Aparentemente, as anteras são retas no botão floral (seta) e dobradas na flor aberta ("M") (Santos et al. 2013, figura 1h,i).

Início da página

Cuspidaria argentea
10/04/2020. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 4.

Início da página

Cuspidaria argentea
13/03/2020. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 5.

Início da página

Cuspidaria argentea
13/03/2020. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 6.

A foto mostra uma folha bifoliolada da nossa planta, com uma gavinha simples.

Segundo o protologo de Arrabidaea argentea, a espécie não apresenta gavinhas: "..foliis ecirrhosis bifoliatis.." (Wawra 1879). Contudo, Bureau & Schumann 1896 observaram gavinhas em vários indivíduos (p. 22, OBS. II).

Início da página