Pleroma heteromalla
Ipomoea hederifolia
Reserva
Mãe-da-Lua

Espécie anterior Próxima espécie

Dahlstedtia araripensis

Família: Fabaceae
Subfamília: Papilionoideae
Aspecto geral: Árvore
Sinónimos: Lonchocarpus araripensis BENTH; Lonchocarpus praecox MART.
Dahlstedtia araripensis (Angelim)
07/11/2018. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 1.

A Dahlstedtia araripensis está em floração em novembro ou dezembro, em plena seca. Neste época, as suas pequenas flores liláis se destacam bastante, porque são quase as únicas flores que há.

Referências:
Bentham 1859-1862, p282;
Lorenzi 1998, p202;
Silva 2010, fig. .41 e p180ff.

Início da página

Dahlstedtia araripensis (Angelim),inflorescência
07/11/2018. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 2.

Início da página

Dahlstedtia araripensis, exsicata
10/11/2018. Sítio Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 3.

Flores de uma exsicata.

(A) O lado superior do cálice e dos estames, depois da remoção do vexilo.
(B) Interior da flor.
(C) O lado inferior da flor. Os três dentes do cálice são mais ou menos visíveis.

Compare com Silva 2010, fig. .41 e p180ff.

Início da página

Dahlstedtia araripensis, casca
07/11/2018. Reserva Mãe-da-Lua, Itapajé-CE.

Figura 4.

A altura deste indivíduo foi de 4 metros, com DAP de 8cm. Mas temos também indivíduos com 10m ou mais.

Início da página

Dahlstedtia araripensis
Flora Brasiliensis. 1859. Vol. XV Pars I. Extrato da tabla 105.

Figura 5.

A figura acima é de Bentham 1859-1862 e mostra o hábito de Lonchocarpus praecox, hoje considerado a mesma espécie que Dahlstedtia araripensis (Silva 2010).

Início da página